Com domínio da partida, Brasil goleia o México em penúltima partida do ano.

Com domínio da partida, Brasil goleia o México em penúltima partida do ano.

13 de dezembro de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

 

Com gols de Duda, Debinha, Bia Zaneratto e Millene, Brasil mostrou superioridade e preparação para as próximas competições.

 

No penúltimo jogo de 2019 da Seleção Brasileira, o resultado não poderia ser diferente. Nesta quinta-feira (12), a Arena Corinthians brilhou e recebeu 6 gols das brasileiras em uma partida espetacular comandada por Pia Sundhage. O amistoso entre Brasil e México, que iniciou às 21h contou com menos de 5 mil pessoas após uma confusão na venda de ingressos, que começaram a ser comercializados apenas dois dias antes da partida, impedindo a participação em massa do público. Da mesma maneira, foi possível observar os destaques e a goleada das brasileiras sobre as mexicanas.

 

Os primeiros 45 minutos

Logo nos minutos iniciais a superioridade do Brasil era evidente. Com o meio de campo desorganizado, o México possibilitou que as brasileiras criassem jogadas e oportunidades de gol. Aos 9 minutos, a estreante Duda cruzou para o gol e balançou as redes em uma jogada iniciada pela jogadora Debinha, que também foi destaque na partida. Aproveitando as oportunidades de gol, Bia Zaneratto fez seu primeiro gol na partida aos 11 minutos, mas foi anulado por impedimento.

Aos 34 minutos, Thamires, lateral esquerda do Corinthians e grande destaque da partida, cruzou para Cristiane que não chegou a tempo de finalizar. Na noite de ontem, Thamires completou 100 jogos com a camisa verde e amarela, fazendo jus a brilhante partida. Aos 40 minutos, Debinha aproveitou boa jogada de Bia e aumentou a vantagem brasileira. O Brasil continuou criando diversas jogadas, mas pecou nas finalizações, encerrando o primeiro tempo em 2 a 0.

 

O segundo tempo e a goleada

Na volta do vestiário, as brasileiras estava mais sincronizadas e focadas, mantendo a defesa pouco vazada e impedindo as mexicanas da aproximação da grande área. Antes mesmo de qualquer respiro, aos 2 minutos, Aline Milene, que tinha acabado de entrar na partida junto com Gabi Zanotti e Millene, após substituição por Duda, Cristiane e Luana, quase finalizou com um golaço, deixando as mexicanas ainda mais dispersas dentro de campo.

Aos 26, Bia Zaneratto desfaz a zica da anulação do seu primeiro gol na partida e marca o terceiro do Brasil, se consagrando como artilheira da partida, marcando seu segundo gol aos 38 e o terceiro, aos 45. Millene, a artilheira do Campeonato Brasileiro, também deixou o seu aos 42 minutos. A partida encerrou com a goleada de 6 a 0.

 

A venda de ingressos e a confusão da CBF

Depois de falhas no sistema da CBF para promover a partida, o resultado foi visto nas arquibancadas: o público não chegou a 5 mil pessoas. Até o momento não houve qualquer informação concreta do porque da venda de ingressos ter sido liberada apenas dois dias antes da partida.

 

Próxima partida

O Brasil entra em campo novamente no domingo (15), às 18h30, contra o mesmo México, na Fonte Luminosa, em Araraquara.