Cerro Porteño elimina Deportivo Cuenca e está na semifinal da Libertadores

Cerro Porteño elimina Deportivo Cuenca e está na semifinal da Libertadores

22 de outubro de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: Divulgação / Cerro Porteño)

 

Clube argentino enfrentará a Ferroviária por vaga na decisão continental.

 

O Cerro Porteño eliminou o Deportivo Cuenca, na noite da última segunda-feira (21), e avançou para a semifinal da Copa Conmebol Libertadores. A classificação do clube argentino veio nos pênaltis, ao vencer por 4 a 3 (no tempo normal a partida terminou empatada em 3 a 3). 

Valia vaga para a próxima fase da competição continental para enfrentar a Ferroviária e estar entre uma das quatro melhores equipes do torneio. E o duelo realizado no Estádio Olímpico Atahualpa, por Cerro Porteño, que havia se classificado em segundo do grupo A, e Deportivo Cuenca, que passou em primeiro do grupo B, foi digno de tal decisão. Com seis gols, a partida foi emocionante e equilibrada do início ao fim e precisou ser decidida na marca da cal. Melhor para as argentinas, que erraram menos e garantiram a classificação.

A etapa inicial começou com o Deportivo Cuenca em cima e foi deste jeito que o clube equatoriano abriu 2 a 0 no placar, duas vezes com Madelin Riera. O primeiro foi aos 12 minutos, em bela finalização da entrada da área. O segundo foi de cabeça, após receber cruzamento da esquerda e subir sem marcação. Atrás do marcador, o Cerro Porteño precisou sair mais para o jogo. A estratégia deu certo e com dois gols que contou com o vacilo da defesa adversária, deixou tudo igual antes do intervalo. Limpia Fretes aproveitou falha da marcação e bateu na saída da goleira, aos 31 minutos. E Marta Aguero, aos 37, chutou de muito longe e a goleira Andrea Morán aceitou. 

Assim como no primeiro tempo, a etapa complementar iniciou com a equipe do Equador propondo mais o jogo. E novamente Madelin Riera, em outro belo gol, colocou o Deportivo Cuenca na frente, aos 11 minutos. O Cerro Porteño precisando empatar o jogo, foi para cima e aproveitou a vantagem de estar com uma jogadora a mais (Andrea Pesántez foi expulsa) para igualar o placar. Dahiana Bogarin, aos 37 minutos, em grande chute de fora área, levou o confronto para os pênaltis. 

Nas penalidades, após quatro séries de cobranças e sete pênaltis convertidos, coube a goleira Gloria Saleb decretar a vitória do Cerro Porteño e colocá-lo na semifinal para enfrentar a Ferroviária, na próxima quarta-feira (23), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, às 19h (horário de Brasília).