Brasil vence a Itália e se classifica para as oitavas do Mundial.

Brasil vence a Itália e se classifica para as oitavas do Mundial.

18 de junho de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: FIFA)

 

Ao marcar o gol da vitória brasileira, Marta se tornou a maior artilheira da história das Copas do Mundo.

 

A seleção poderia até mesmo perder na partida de hoje contra a Itália, que ainda sim teria chances de se classificar. No entanto, fez o que deveria ser feito e venceu as europeias, garantindo, por conta própria, a classificação para as oitavas de final do Mundial. No Stade du Hainaut, em Valenciennes, Marta fez o único gol do confronto – de quebra, ainda entrou para a história das Copas do Mundo, ao se tornar a maior artilheira da competição. Agora, ambas as seleções aguardam suas adversárias na próxima fase.

Lá e cá. Assim pode ser definido o primeiro tempo entre Brasil e Itália, que até criaram chances para abrir o placar, mas não aproveitaram e foram para o intervalo sem balançar as redes. Ao longo dos 45 minutos iniciais a superioridade do confronto se inverteu diversas vezes. Por hora, a Seleção Brasileira era superior, em determinados momentos, a italiana assumia este papel. Fato é, que quem realmente brilhou foram as goleiras: primeiro Bárbara, ao defender chute rasteiro de Bonansea, aos 5 minutos; depois, voltou a aparecer aos 39, para salvar, à queima roupa, nova finalização da atacante. Já do lado europeu, Giuliani foi quem não deixou o placar ser aberto: em cobrança de escanteio na primeira trave de Marta, Debinha desviou de letra e obrigou a goleira a fazer uma grande defesa; na sequência, a própria camisa 10 quase marcou olímpico, ao bater fechado – Giuliani, com a ponta dos dedos, mandou para fora. E o 0 a 0 permaneceu.

Na segunda etapa, a Seleção Brasileira assumiu o controle da partida e criou as melhores oportunidades. A Itália até tentava sair para o jogo, mas esbarrava na boa marcação brasileira. Com a postura, o Brasil acertou o travessão em cobrança de falta de Andressinha, aos seis minutos; finalizou com perigo em duas oportunidades: primeiro em cabeçada de Kathellen e depois em desvio de Bia Zaneratto – ambas passaram muito perto do gol; e com Debinha, que recebeu passe de Marta, mas finalizou fraco para a defesa da goleira italiana. O jogo era todo brasileiro e de tanto insistir, a bola entrou. Em jogada individual de Debinha, a camisa 7 foi derrubada dentro da área por Linari. Pênalti que Marta cobrou e fez. Com a vantagem, a seleção diminuiu o ritmo e viu as italianas crescerem nos minutos finais. As europeias até tentaram igualar o marcador, mas ficou nisso: Itália 0 x 1 Brasil e classificação garantida para a próxima fase.

(Foto: FIFA)

 

17 vezes Marta

Ao marcar na partida de hoje, Marta chegou ao seu 17º gol em Mundiais. Com o feito, a brasileira ultrapassa o alemão Miroslav Klose – que tem 16, e se torna a maior artilheira da história em Copas do Mundo.

 

Com a vitória, o Brasil ficou com 6 pontos e avança para a próxima fase como a melhor terceira colocada da fase de grupos. Agora aguarda para conhecer sua adversária: França (provável) ou Alemanha. Já a Itália, apesar da derrota, se classifica como líder da chave, também com 6 pontos. As europeias enfrentarão a China ou a Nigéria.