17 vezes Marta: relembre os gols da maior artilheira entre homens e mulheres em edições de Copa do Mundo.

17 vezes Marta: relembre os gols da maior artilheira entre homens e mulheres em edições de Copa do Mundo.

31 de dezembro de 2019 0 Por Jogando Com Elas

(Foto: FIFA)

 

Marta entrou para a história ao marcar na vitória do Brasil sobre a Itália, na edição deste ano, na França.

 

Doze participações entre a três melhores do mundo e seis prêmios em sua estante. Camisa 10 da seleção brasileira e do Orlando Pride. Maior jogadora de futebol feminino de todo o mundo. Prazer, essa é a rainha Marta, que neste ano quebrou mais um recorde histórico e se tornou a maior artilheira de todas as edições de Copas do Mundo entre homens e mulheres.

Divulgação/CBF

E como forma de homenagear a craque brasileira, o Jogando Com Elas relembrará, em um conteúdo multiplataforma, envolvendo texto, fotos e áudios, todos os 17 gols marcados por Marta em Mundiais.

 

1º GOL – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul – 2003

O seu primeiro gol pela seleção brasileira em Copas do Mundo foi em solo Americano.  Na estreia contra a Coreia do Sul, Marta abriu o placar em cobrança de pênalti, marcando um dos gols da vitória do Brasil por 3 a 0. 

 

2º GOL – Brasil 4 x 1 Noruega – 2003

A camisa 10 voltaria a marcar na competição na partida seguinte, contra a Noruega. Em outra goleada brasileira, desta vez por 4 a 1, Marta fez o terceiro gol do confronto. 

 

3º GOL – Brasil 1 x 2 Suécia – 2003

Encerrando os gols naquela edição do torneio, Marta marcou pela terceira vez contra a Suécia, em partida válida pela fase de quartas de final e que também resultou na eliminação da seleção canarinho da competição. 

 

4º e 5º GOL – Brasil 5 x 0 Nova Zelândia – 2007

Quatro anos mais tarde, na China, a melhor participação da rainha brasileira em Mundiais.  O 4º e 5º gol saíram já na primeira partida daquela edição, em um massacre verde e amarelo para cima da Nova Zelândia.

 

6º e 7º GOL – Brasil 4 x 0 China – 2007

Na segunda rodada, contra a China, também pela fase de grupos, Marta voltou a marcar outras duas vezes. Foi na vitória do Brasil por 4 a 0 sobre as donas da casa, e os gols de número seis e sete, estavam anotados. 

 

8º GOL – Brasil 3 x 2 Austrália – 2007

Nas quartas de final, Marta ajudou a garantir o Brasil nas semifinais do torneio. Em confronto contra a Austrália, a atacante marcou de pênalti um dos gols da vitória da seleção e chegou ao seu oitavo na história. 

 

9º e 10º GOL – Brasil 4 x 0 Estados Unidos – 2007

Pela semifinal, o Brasil encarou os Estados Unidos e venceu por 4 a 0, em uma das melhores atuações da seleção em Copas do Mundo. Marta fez dois gols, sendo um deles considerado o mais bonito da competição. 

 

11º e 12º GOL – Brasil 3 x 0 Noruega – 2011

No Mundial da Alemanha, Marta marcou quatro vezes. Os dois primeiros saíram na segunda partida da fase de grupos, em vitória do Brasil sobre a seleção norueguesa por 3 a 0.  

 

13º e 14º GOL – Brasil 2 x 2 Estados Unidos – 2011

Os outros dois gols marcados foi em cima dos Estados Unidos. O 13º e 14º foram marcados contra os Estados Unidos, em confronto válido pelas quartas de final do torneio. Naquela oportunidade, a seleção americana eliminou a brasileira nos pênaltis.  

 

15º GOL – Brasil 2 x 0 Coreia do Sul – 2015

15º gol de Marta e o único marcado na Copa do Mundo de 2015, realizada no Canadá, foi justamente contra a seleção na qual a brasileira estreou fazendo gols em Mundiais. Na estreia contra a Coreia do Sul, Marta marcou um dos gols da vitória brasileira por 2 a 0.

 

16º GOL – Brasil 2 x 3 Austrália – 2019

O maior e melhor mundial feminino da história, na França, em 2019, era o contexto ideal para a quebra de recorde. E Marta começou a realizar tal façanha contra a Austrália, em partida válida pela segunda rodada da fase de grupos. Na derrota brasileira por 3 a 2, a craque marcou de pênalti, chegava ao seu 16º gol e se igualava ao atacante alemão, Miroslav Klose, como os maiores artilheiros em Copas do Mundo. 

 

17º GOL – Brasil 1 x 0  Itália – 2019 

Na última rodada da fase de grupos, em um duelo árduo e muito disputado, Marta não só resolveu a partida, dando a classificação para o Brasil à próxima fase, como se tornava a maior artilheira em todas as edições de Copas do Mundo entre homens e mulheres. Com o gol de pênalti, aos 29 minutos da segunda etapa, a atacante chegava ao 17º gol e não havia ninguém mais a sua frente.

 

Edição: Guilherme Maia